Como lidar com filhos sendo um casal liberal

Ser swinger é um estilo de vida que por definição é liberal e libertino, por isso que este artigo vai abordar como lidar com filhos sendo um casal liberal. Na tentativa de ajudar casais que passam pelo dilema de esconder ou não esconder dos filhos o estilo que vida que o casal escolheu. No entanto é preciso considerar alguns fatores que são importantes para não prejudicar o desenvolvimento psicológico da sua prole. Ou seja, o bom senso dos pais nesta hora é crucial.

FILHOS DE 0-3 ANOS

Com filhos de 0-3 anos, cujo seus horários são regradinhos com hora para dormir, comer, brincar e explorar, é possivel para o casal conseguir utilizar o tempo de folga que terão, para conseguir recepcionar um casal de amigos ou até mesmo um single ou singela amigos para curtirem o prazer de swingar no meio da noite até o sol raiar, claro, tomando os devidos cuidados com os gemidos de prazer para não despertar o pequeno, e sempre mantendo-se atendo aos alertas de fome ou dor durante a noite que podem ser comuns nessa idade.

FILHOS DE 4-12 ANOS

Com pirralhos de 4-12 anos o ideal é ter uma babá para que o casal realize suas saídas para aproveitar seu estilo de vida, mas para quem prefere economizar tem sempre a possibilidade de recorrer a um parente ou a casa de um amiguinho, filho de amigos da familia, no entanto, mesmo com todos os subterfúgios que o casal conseguir arrumar para sair, há que se ter em mente que como pais, vocês precisam pensar no plano de contenção de crise, porque como todos sabemos “shit happens”, vazamentos de fotos radioativas por celulares bomba roubados ou perdidos, ecatombes termonucleares de videos virais do whatsapp, ou flagrante de vizinha desgraçada, fofoqueira e mau comida. Pois é meus amigos , ter um plano de contenção para essas coisas é sempre aconselhável.

FILHOS DE 13 EM DIANTE

Com os aborrecentes de 13 ao resto da vida, o casal tem duas alternativas altamente arriscadas que são elas: O casal ter um bom diálogo com sua cria e decidir optar pela luz da verdade, ou optar pela escuridão de agentes secretos disfarçados. Porém em ambos os casos, coisas podem acontecer, como: Se seu filho souber a verdade e aceitar numa boa e sem querer deixa escapar para os amiguinhos que seus pais são libertinos, aquela vizinha que eu falei antes não vai precisar flagrar nada para falar; Se seus pequenos não souberem de nada e tiverem acesso a rede mundial de computadores, e acidentalmente depararem com imagens dos pais… Fujam para as colinas, é o Armagedom.

Brincadeiras a parte, a grande verdade nisso tudo é que para ser swinger, o casal precisa estar seguro do que está fazendo, ser forte para conter ou carregar as consequências e amar a familia mais que o estilo de vida, porque se ninguém paga suas contas por vocês, eventualmente o casal pode mandar um f…-se.

Reinaldo Espada

Editor e Redator da Revista Swing, aficcionado em filmes, super antenado em novidades tecnológicas, adora casas de swings e encontros liberais. Forma um casal liberal com a Raissa Espada sua esposa CRS 43965 .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *