A esposa do outro casal não me quer, o que fazer?

Muitas pessoas do universo liberal já passaram ou irão passar por essa situação. É impossível agradar a gregos e troianos, mas ai você encontra-se nessa situação para muitos embaraçosa, não querem foder com você. O amigão do outro casal mandando lenha na sua esposa e a amiga quer só amizade mesmo, puxa vida que sinuca de bico. E ai Rui Chapéu, o que que tu fará? Manda parar a foda toda porque tu não está brincando? Fica insistindo igual o burro do Shrek, porque se a mulher está lá é pra transar? Encarna o Leão da Montanha e faz uma saída à francesa?

A verdade é que qualquer uma das alternativas não é satisfatória, salvo a última de fazer uma saída à francesa, caso seja o fetiche de vocês enquanto casal serem liberados para se divertirem sozinhos, no mais essas alternativas não são boas.

Você não está sozinho no quarto

Então o que fazer? Lembre que você não está sozinho, então preste atenção à sua esposa, veja se ela está tendo prazer, aproveite o momento dela, seja elegante e saiba receber um não de outra mulher com classe, amigo. Você não sabe o porque está sendo rejeitado, pode não ser por sua causa, pode ser um mau estar súbito, princípio de cólica, TPM, ela brochou (sim, mulher também brocha, pow), existem tantos motivos para uma mulher não querer mais transar que daria um outro artigo, só que não. Continuando, ela disse não e sua mulher ainda está transando, seja cavalheiro e vá ajudar a sua mulher gozar, deixe o orgulho de lado

esposa

O objetivo de fazer uma troca de casal não é apenas comer a mulher do outro. Mas sim, estar livre para transar bem gostoso, até com a mulher do outro. Então, se estavam tentando fazer uma troca de casais e umas das pessoas não ficou muito afim na hora. Simples prossigam para o ménage, vá fazer seu parceiro gozar e isto serve para mulheres também.

Puts, foi só de sacanagem

Ah, mas eu percebi que a rejeição foi filadaputagem mesmo! Então está bem, agora você pode se vingar. Primeiro passo – vá até sua parceira que ainda está transando. Segundo passo – alise-a, boline-a, chupe-a, beije-a e se der coma-a também (isso pode dar uma DP maravilhosa). Terceiro passo – faça sua esposa gozar se puder. Quarto passo – dê uma piscadinha sacana para a outra esposa. Isso tem duas intenções, insulto de classe ou convite de comedor 😀 (vai que havia sido só uma brochadinha, e ver sua performance acendeu a pepeca). Pronto, tá ai sua vingancinha.

Sendo assim, vale muito lembrar aos iniciantes e aos experientes que apesar de vocês estarem interagindo com outras pessoas. Na verdade o que importa são vocês como casal. Numa transa estejam sempre atentos aos seus parceiros, isso com certeza evitará boa parte dos inconvenientes. Sempre irão haver rejeições, em outros momentos, por outros casais ou singles. A máxima do mundo liberal é “Tudo é permitido, mas nada é obrigado”. Esperamos ter ajudado.

Estão curtindo? Compartilhem com os amigos, isso está nos ajudando bastante 😉

Reinaldo Espada

Editor e Redator da Revista Swing, aficcionado em filmes, super antenado em novidades tecnológicas, adora casas de swings e encontros liberais. Forma um casal liberal com a Raissa Espada sua esposa CRS 43965 .

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *